INDICADORES DE DESEMPENHO E NOTICIAIS RECENTES

 

INDICADORES / RELATÓRIOS 

1º SEMESTRE 2020

O relatório,bem elaborado pelo profissional Yuri Correa (2014),tem por objetivo apresentar um estudo preliminar sobre a ar condicionado e o seu custo de aquisição x funcionamento.Sabemos que mantê-los através de seu PMOC é de suma importância para garantir a sua eficiência energética e consequentemente justificar o seu investimento.

 

Reportagem

1º semestre 2020

Como sabemos,todas as NR´s irão passar por uma revisão de forma a não perder a sua utilização eficaz mas torna-la mais fácil de ser gerenciada.Assim vamos começar com a NR9 : 

PORTARIA Nº 6.735, DE 10 DE MARÇO DE 2020 - PORTARIA Nº 6.735, DE 10 DE MARÇO DE 2020 - DOU - Imprensa Nacional www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-6.735-de-10-de-marco-de-2020-247539132 1/3 DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO Publicado em: 12/03/2020 |

Edição: 49 | Seção: 1 | Página: 20 Órgão: Ministério da Economia/Secretaria Especial de Previdência e Trabalho

PORTARIA Nº 6.735, DE 10 DE MARÇO DE 2020

Norma Regulamentadora nº 09 - Avaliação e Controle das Exposições Ocupacionais a Agentes Físicos, Químicos e Biológicos.(Processo nº 19966.100181/2020-45).

O SECRETÁRIO ESPECIAL DE PREVIDÊNCIA E TRABALHO DO MINISTÉRIO DA ECONOMIA, no uso das atribuições que lhe conferem os arts. 155 e 200 da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, e o inciso V do art. 71 do Anexo I do Decreto nº 9.745, de 08 de abril de 2019, resolve:

  • Art. 1º A Norma Regulamentadora nº 09 (NR-09) - Avaliação e Controle das Exposições Ocupacionais a Agentes Físicos, Químicos e Biológicos passa a vigorar com a redação constante do Anexo I desta Portaria.

  • Art. 2º Determinar que a Norma Regulamentadora nº 09 seja interpretada com a tipificação de NR Geral.

  • Art. 3º Na data da entrada em vigor desta Portaria, fica revogado o art. 1º da Portaria SSST nº 25, de 29 de dezembro de 1994.

  • Art. 4º Esta Portaria entra em vigor 1 (um) ano após a data de sua publicação. BRUNO BIANCO LEAL ANEXO I NR-09 - AVALIAÇÃO E CONTROLE DAS EXPOSIÇÕES OCUPACIONAIS A AGENTES FÍSICOS, QUÍMICOS E BIOLÓGICOS

 

SUMÁRIO

9.1 Objetivo

9.2 Campo de Aplicação

9.3 Identificação das Exposições Ocupacionais aos Agentes Físicos, Químicos e Biológicos

9.4 Avaliação das Exposições Ocupacionais aos Agentes Físicos, Químicos e Biológicos

9.5 Medidas de Prevenção e Controle das Exposições Ocupacionais aos Agentes Físicos, Químicos e Biológicos

9.6 Disposições Transitórias

9.1 Objetivo

9.1.1 Esta Norma Regulamentadora - NR estabelece os requisitos para a avaliação das exposições ocupacionais a agentes físicos, químicos e biológicos quando identificados no Programa de Gerenciamento de Riscos - PGR, previsto na NR-1, e subsidiá-lo quanto às medidas de prevenção para os riscos ocupacionais.

9.2 Campo de Aplicação

9.2.1 As medidas de prevenção estabelecidas nesta Norma se aplicam onde houver exposições ocupacionais aos agentes físicos, químicos e biológicos. 12/03/2020 PORTARIA Nº 6.735, DE 10 DE MARÇO DE 2020 - PORTARIA Nº 6.735, DE 10 DE MARÇO DE 2020 - DOU - Imprensa Nacional www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-6.735-de-10-de-marco-de-2020-247539132 2/3

9.2.1.1 A abrangência e profundidade das medidas de prevenção dependem das características das exposições e das necessidades de controle.

9.2.2 Esta NR e seus anexos devem ser utilizados para fins de prevenção e controle dos riscos ocupacionais causados por agentes físicos, químicos e biológicos.

 9.2.2.1 Para fins de caracterização de atividades ou operações insalubres ou perigosas, devem ser aplicadas as disposições previstas na NR-15 - Atividades e operações insalubres e NR-16 - Atividades e operações perigosas.

9.3 Identificação das Exposições Ocupacionais aos Agentes Físicos, Químicos e Biológicos

9.3.1 A identificação das exposições ocupacionais aos agentes físicos, químicos e biológicos deverá considerar: a) descrição das atividades; b) identificação do agente e formas de exposição; c) possíveis lesões ou agravos à saúde relacionados às exposições identificadas; d) fatores determinantes da exposição; e) medidas de prevenção já existentes; e f) identificação dos grupos de trabalhadores expostos.

9.4 Avaliação das Exposições Ocupacionais aos Agentes Físicos, Químicos e Biológicos

9.4.1 Deve ser realizada análise preliminar das atividades de trabalho e dos dados já disponíveis relativos aos agentes físicos, químicos e biológicos, a fim de determinar a necessidade de adoção direta de medidas de prevenção ou de realização de avaliações qualitativas ou, quando aplicáveis, de avaliações quantitativas.

9.4.2 A avaliação quantitativa das exposições ocupacionais aos agentes físicos, químicos e biológicos, quando necessária,deverá ser realizada para:

(a) comprovar o controle da exposição ocupacional aos agentes identificados;

(b) dimensionar a exposição ocupacional dos grupos de trabalhadores;

(c) subsidiar o equacionamento das medidas de prevenção.

9.4.2.1 A avaliação quantitativa deve ser representativa da exposição ocupacional, abrangendo aspectos organizacionais e condições ambientais que envolvam o trabalhador no exercício das suas atividades.

9.4.3. Os resultados das avaliações das exposições ocupacionais aos agentes físicos, químicos e biológicos devem ser incorporados ao inventário de riscos do PGR.

9.4.4. As avaliações das exposições ocupacionais devem ser registradas pela organização, conforme os aspectos específicos constantes nos Anexos desta NR.

9.5 Medidas de Prevenção e Controle das Exposições Ocupacionais aos Agentes Físicos, Químicos e Biológicos

9.5.1 As medidas de prevenção e controle das exposições ocupacionais referentes a cada agente físico, químico e biológico estão estabelecidas nos Anexos desta NR.

9.5.2 Devem ser adotadas as medidas necessárias para a eliminação ou o controle das exposições ocupacionais relacionados aos agentes físicos, químicos e biológicos, de acordo com os critérios estabelecidos nos Anexos desta NR, em conformidade com o PGR.

9.5.3 As medidas de prevenção e controle das exposições ocupacionais integram os controles dos riscos do PGR e devem ser incorporados ao Plano de Ação.

9.6 Disposições Transitórias

9.6.1 Enquanto não forem estabelecidos os Anexos a esta Norma, devem ser adotados para fins de medidas de prevenção:

(a) os critérios e limites de tolerância constantes na NR-15 e seus anexos; 12/03/2020 PORTARIA Nº 6.735, DE 10 DE MARÇO DE 2020 - PORTARIA Nº 6.735, DE 10 DE MARÇO DE 2020 - DOU - Imprensa Nacional www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-6.735-de-10-de-marco-de-2020-247539132 3/3

(b) como nível de ação para agentes químicos,a metade dos limites de tolerância;

(c) como nível de ação para o agente físico ruído, a metade da dose.

9.6.1.1 Na ausência de limites de tolerância previstos na NR-15 e seus anexos, devem ser utilizados como referência para a adoção de medidas de prevenção aqueles previstos pela American Conference of Governmental Industrial Higyenists - ACGIH.

 

9.6.1.2 Considera-se nível de ação, o valor acima do qual devem ser implementadas ações de controle sistemático de forma a minimizar a probabilidade de que as exposições ocupacionais ultrapassem os limites de exposição.

l

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SERVIÇOS DE ENG.ª MANUTENÇÃO E SEG.TRABALHO

REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS

A gestão de ativos operacionais é de suma importância para alcance das metas das organizações.Nossa proposta  é coordenar e/ou assessorar a implantação de um plano de atividades no qual os ítens mais críticos possam ser geridos de forma a buscar o máximo de eficiência com menor risco possivél com a participação de todos.Consulte-nos !

  As empresas que procuramos representar tecnico-comercialmente devem estar alinhadas com os conceitos de trabalho em equipe e aprendizado constante.Desta forma,alinhamos em 2020 com mercados na área saúde e segurança do trabalho (Primeiros socorros),além de prestar serviço para a Patagônia Comércio e Serviços Técnicos,como coordenador técnico.Os demais parcerios ,com menor intensidade mercadológica e em fase de ajuste, como Tecnoclim do Brasil (www.gtnp.com.br),ainda estão em nosso portifólio em fase de realinhamento de estratégias e continuam a fazer da nossa proposta de trabalho.Além disso,estamos em constante verificação de outras representações que possam estar conosco agregando valor a nossa marca e as das próprias representações.Veja os links abaixo :


 

    COORDENAÇÃO DE PROJETOS
  TREINAMENTOS OPERACIONAIS

Gerir um projeto ou mais em todas as suas fases,identificando e tratando o que é crítico em busca de assessorar o time de execução no cumprimento de prazos e de outras metas importantes como custo, nº de acidentes zero,redução de desperdicio,etc. A proposta é participar num time que esteja alinhado com os indicadores de qualidade, produtividade, moral,custo e segurança.Podemos,por exemplo,através da revisão e / ou implantação de padrão de sistemas gerenciais e/ou operacionais alcançar as metas

 

Os treinamentos que propomos são aqueles que vão dar suporte direto a execução de uma tarefa com eficácia e eficiência gerando resultados para alcance dos indicadores de produtividade,qualidade.moral,segurança e custo.Dentre podemos dizer que algumas ferramentas da qualidade fazem parte deste portfólio : MASP, FTA, 5 porquês e CAPDo. Os demais treinamentos podem estar ligados a Engª de Segurança do Trabalho e de Engª de Manutenção conforme a necessidade do cliente final.